terça-feira, novembro 29, 2022
Início Brasil De olho em titularidade, Marco Antônio mira reação contra Botafogo

De olho em titularidade, Marco Antônio mira reação contra Botafogo

Com um gol marcado no Brasileirão, Marco Antônio vive expectativa de ser titular pela primeira vez

Em busca de uma reação no Campeonato Brasileiro, o Bahia deve ter mudanças no time que enfrenta o Botafogo, nesta quarta-feira (30), às 21h30, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. A principal delas será no ataque.

Depois de sair no intervalo da derrota por 1×0 para o Athletico-PR reclamando de dor na coxa, o atacante Élber dificilmente estará em campo contra o Botafogo. Nesta segunda-feira (28), ele passou por exames em uma clínica no Rio de Janeiro.

Sem o camisa 7, o mais cotado para ficar com a vaga é Marco Antônio. O jogador vem sendo utilizado por Mano Menezes no decorrer das partidas e foi o herói do tricolor no empate com o Palmeiras, quando balançou as redes no fim do jogo, mas ainda não teve chance entre os titulares.

“A gente fica um pouco chateado, se trata de dois jogadores importantes para o grupo, Élber e Gilberto, jogadores que agregam na tática do professor Mano. Eu estou apto para jogar, estou esperando uma oportunidade entre os dez e se professor Mano optar por mim aberto ou pelo meio, eu quero fazer o meu melhor, ajudar a minha a equipe a sair dessa situação”, explicou Marco Antônio, lembrando que Gilberto, com dor na perna, também é dúvida. Caso ele não tenha condições de atuar, Saldanha começará a partida.

O duelo entre Bahia e Botafogo é confronto atrasado da primeira rodada do Brasileirão, mas tem grande importância para as duas equipes, que estão na zona de rebaixamento e podem respirar com uma vitória.

No caso do Tricolor, a seca é de nove jogos sem triunfos. O time ocupa ainda a lanterna da Série A, com o pior rendimento entre os 20 clubes. Apesar das marcas negativas, Marco Antônio acredita que o elenco tem qualidade para iniciar uma reação no torneio.

“É um momento difícil que a gente está passando, até temos feito bons jogos, mas a bola não está entrando no gol adversário. Precisamos trabalhar, nos unir mais enquanto equipe porque só quem pode tirar o Bahia dessa situação somos nós. Estamos nos entregando ao máximo nos jogos, luta não vai faltar. A nossa equipe está em uma só visão, que é sair dessa situação. A qualidade do nosso elenco não é para estar nessa situação. A gente pede até desculpas ao torcedor, mas quero deixar o recado que raça não vai faltar e, se Deus quiser, na quarta começa a nossa reação rumo à pré-Libertadores ou Sul-Americana”, continuou ele.

Nesta terça-feira (29), o elenco do Bahia volta aos treinos no campo da Aeronáutica, no Rio de Janeiro, e faz a última atividade antes da partida. Além das dúvidas no ataque, o Esquadrão tem o retorno de Nino Paraíba na lateral direita.

Mano só vai divulgar a escalação minutos antes do jogo, mas um provável time tem:

Douglas, Edson (Nino Paraíba), Ernando Juninho e Capixaba; Gregore, Ronaldo, Ramires e Rodriguinho; Marco Antônio e Gilberto (Saldanha).

Em 11 jogos do Brasileirão, o Bahia somou apenas nove pontos. Já o Botafogo, que venceu apenas uma partida no torneio, tem 11 pontos e ocupa a 18ª colocação. 

- Advertisment -

Ultimas noticias